Solução em Manta Asfáltica


A manta asfáltica é um dos materiais mais utilizados para impermeabilizar superfícies. Esta é uma maneira eficaz de proteger a construção e prolongar sua vida útil, evitando incômodos como infiltrações, as quais podem trazer problemas estruturais, além de ajudar a proliferação de bolores e mofos, muito associados a mal cheiro no interior dos ambientes e doenças respiratórias. Ela é indicada principalmente para estruturas sujeitas a movimentação. As mantas são produzidas a partir de asfaltos modificados armados com filme de polietileno, filme de poliéster, borracha butílica ou PVC plastificado. Possui grande resistência à tração, a furos e rasgamento. Sua classificação é feita em função dos seus índices de tração, alongamento, flexibilidade e espessura.

Existe uma ampla variedade de mantas asfálticas, cada uma indicada para um uso específico, conforme variações dimensionais, movimentos estruturais, floreiras, etc. As mais simples possuem as duas faces revestidas com filme de polietileno. Outra possibilidade é ter uma ou as duas faces revestidas por areia de granulometria fina. Há também as mantas que possuem sua face exposta revestida por grânulos mineirais, por filme de alumínio refletivo e até mesmo geotêxteis para execução de pinturas sobrea impermeabilização. Mantas com escamas de ardósia ou lâminas de alumínio são utilizadas em áreas sem tráfego para proteção solar.

Principais aplicações:

• Manta asfáltica Aluminizada (isolante térmico e acústico): lajes não transitáveis ou inclinadas em geral, telhados em geral (fibrocimento, barro, zinco, telhas ecológicas, etc), calhas, canaletas e marquises – a manta asfáltica aluminizada dispensa a proteção mecânica (contrapiso). Quando utilizada em telhados, deve acompanhar o formato das telhas, moldando-se a elas; • Manta Asfáltica de Poliéster: lajes transitáveis planas ou inclinadas em geral, jardineiras e floreiras, muros de arrimo e paredes verticais, caixas d´água e reservatórios, piscinas e tanques de piscicultura, pisos de estacionamento, áreas frias (banheiros, cozinhas, lavanderias), terraços e sacadas. – Deve receber proteção mecânica (contrapiso).